Uma consideração importantíssima é que Deus não criou esse tipo de relação, chamada de união estável. Deus deseja e assim determina que o casamento seja legitimamente legalizado.

Como era o casamento nos tempos bíblicos?

Havia primeiro um contrato civil, por um tempo aproximado de 1 ano entre os noivos e depois viria a cerimônia no religioso, para só depois a atividade íntima propriamente. Então, à luz da Bíblia, quem contrai a chamada união estável, inverteu os papéis, inverteu as coisas: a união é iniciada pelo ato sexual propriamente dito, sem um casamento legal, propriamente dito. O curioso é que neste contrato civil de 1 ano, se fosse rompido, a Bíblia consideraria já o divórcio. Então o que isto significa? Significa que Deus leva, sim, muito em conta a legalização do matrimônio; por que o matrimônio é um testemunho tanto diante de Deus, como diante dos homens, da sociedade, que você assumiu o compromisso, com uma outra pessoa.

(Transcrito)

A União Estável serve para casamento?

Artigos Relacionados

Classificado como: